Vice-campeão

Minas é superado pelo Sada Cruzeiro e fica com o vice do Mineiro



Por José Luiz Júnior

O Campeonato Mineiro 2016 chegou ao fim. Na noite desta sexta-feira (7/10), no Ginásio do Riacho, em Contagem, o Minas foi superado pelo Sada Cruzeiro, que comemorou o título estadual. O placar final da decisão mineira foi 3 sets a 0 para os donos da casa, com parciais de 25/19, 25/18 e 25/20. Com a derrota, o Minas ficou com o vice-campeonato mineiro e, agora, volta as atenções para a disputa do Campeonato Mundial de Clubes, que será realizado entre os dias 18 e 23 de outubro, no Ginásio Divino Braga, em Betim.

Minas ficou com o vice-campeonato mineiro (Foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube)Minas fica com o vice-campeonato mineiro (Foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube) 

Na decisão, o técnico Nery Tambeiro não contou com oposto Bisset, que se recupera de um estiramento no peitoral, e nem com o central Flávio, que teve um problema na coluna e foi vetado pelo departamento médico do Clube. Sem o central minastenista em quadra, o levantador Gelinski assumiu o papel de capitão da equipe. Para ele, o time sentiu um pouco as ausências, mas, agora, é levantar a cabeça e focar na preparação para o Mundial. “É difícil explicar o que faltou no jogo. O Flávio tem sido o principal atacante, e não contamos com ele hoje. Bisset é o quem coloca as bolas mais altas no chão e também esteve fora, tudo isso nos prejudicou. É levantar a cabeça e usar esses dez dias que teremos até o Mundial para corrigir o time e colocar o Minas onde ele merece estar, que é entre os primeiros”, comentou o levantador minastenista.

Nery Tambeiro lamentou a derrota e disse que, a partir de agora, a equipe está focada na preparação para o Campeonato Mundial. “Chegamos onde poderíamos chegar. Foi difícil chegar à final. Jogamos na terça-feira, viajamos na quarta, e jogamos hoje. Isso foi muito desgastante para o time. Ainda não chegamos onde podemos. Trabalhamos para chegar melhor no Mundial sem prejudicar a integridade física dos atletas. Este é nosso objetivo. Hoje, jogamos contra o melhor time do mundo. É difícil ganhar deles aqui dentro. Além disso, sentimos a falta do Bisset, que se recupera, e do Flávio, impedido de jogar. Agora, é foco no Mundial”, disse Nery Tambeiro.

O jogo

O Minas conseguiu fazer um bom primeiro set. A equipe equilibrou bem o jogo, e chegou a ficar à frente no placar. No entanto, nos momentos decisivos, pecou e deixou o Sada Cruzeiro reverter a situação. No fim, o nervosismo do Minas prejudicou a equipe, que saiu em desvantagem: 25 a 19.

No segundo set, o Minas não conseguiu se impor em quadra. O técnico Nery Tambeiro colocou o jovem oposto Abouba, e a equipe conseguiu equilibrar o set. Porém, após a segunda parada, os minastenistas voltaram a errar e foram penalizados pelas falhas. Assim, nova derrota no segundo set: 25 a 18.

No último set, os minastenistas tentaram de todas as formas parar o ataque adversário. Em certos momentos, o bloqueio funcionou e conseguiu equilibrar o jogo. Por outro lado, a defesa adversária esteve muito bem e impediu que o Minas abrisse vantagem. Desta forma, os cruzeirenses foram melhores e finalizaram o jogo em 25 a 20.

Minas:  Gelinski, Samuel, Pétrus, Mão, Brunão, William e Rogerinho (líbero). Entraram: Vanole, Abouba, Carísio e Gabriel. Técnico: Nery Tambeiro. Sada Cruzeiro: William, Evandro, Simóm, Leal, Isac, Filipe e Serginho (líbero). Entrou: Rodriguinho. Técnico: Marcelo Mendez. Árbitros: Ivan Cardoso e Anderson Caçador.

Patrocinador: JAM Engenharia
Patrocinador: Hermes Pardini

Patrocinador: UniBH

Fornecedora de materiais esportivos: Ícone Sport

Fotos: Orlando Bento/Minas Tênis Clube