União e força

Na raça, Minas supera o Universo/Vitória e segue na briga pelo G-8



O Minas entrou em quadra nesse domingo com a vaga na próxima fase do Novo Basquete Brasil (NBB) já garantida. Mesmo assim, o time do técnico Flávio Espiga mostrou muita força e segue na briga pelo G-8. Na Arena Minas Tênis Clube, a equipe mineira teve trabalho para derrotar o Universo/Vitória, mas mostrou que a união do time pode fazer a diferença na fase eliminatória da competição. Depois de estar em desvantagem em praticamente todo o jogo, os minastenistas reagiram no minuto final do duelo, levou a partida para a prorrogação e conquistaram a vitória, por 80 a 78 (16/17, 10/17, 20/16, 21/17 e 13/11). O pivô Wesley, do Minas, foi o cestinha do jogo, com 27 pontos.

Wesley fez 27 pontos e conseguiu 11 rebotes no jogo (Foto: Orlando Bento/MTC)Wesley anotou 27 pontos e conseguiu 11 rebotes no jogo (Foto: Orlando Bento/MTC)

Sem tempo para descanso, o Minas volta à quadra nesta terça-feira (27/3), às 19h30, quando recebe o Solar Cearense, na Arena Minas Tênis Clube, pela rodada de encerramento da fase de classificação do NBB.

Outros destaques
Além de ser o cestinha do jogo, Wesley obteve o maior número de rebotes do jogo, com 11, sendo sete na defesa. Evan Roquemore e Jefferson marcaram 18 e 16 pontos, respectivamente, e o armador Gegê foi o grande garçom do jogo, com 15 assistências.

O jogo
A partida deste domingo começou bem equilibrada, com os dois times se revezando na liderança do placar. O Minas chegou a abrir pequena vantagem, mas o Universo/Vitória se recuperou e conseguiu virar o primeiro quarto na frente: 17 /16. No segundo período, o Minas reverteu a situação e passou à frente (24/22). O nervosismo em quadra prejudicou o time minastenista e, com isso, a equipe baiana aproveitou e fechou o primeiro tempo em vantagem: 34 a 26 (17/16 e 17/10).

Na volta do intervalo, o Minas conseguiu impor um ritmo melhor de ataque e a defesa fechou o garrafão. Com bom aproveitamento nos arremessos de três pontos, o Minas conseguiu diminuir a diferença no fim do terceiro período: 50 a 46 (16/20). O último quarto foi muito emocionante. O time minastenista cometeu algumas falhas na marcação e o Universo/Vitória manteve a diferença no placar. Porém, quando o cronometro marcava menos de um minuto para o fim do jogo, os minastenistas tiveram uma reação espetacular e conseguiram empatar o jogo: 67 a 67. Desta forma, o jogo foi para a prorrogação.

No tempo extra, o Minas dominou o adversário desde o início. Com muita tranquilidade e empurrado pelos mais 700 torcedores presentes na Arena, os comandados de Flávio Espiga mostraram muita força no ataque e fecharam o jogo em 80 a 78 (13/11).

Para o cestinha do jogo, a união do time foi determinante para a conquista do resultado. “A união do time é a nossa força. Trabalhamos duro para levar o Minas às primeiras posições e, hoje, mostramos isso. Estivemos em desvantagem durante o jogo inteiro, mas, no fim, corremos atrás do placar e, felizmente, conseguimos a vitória. Agora, na última rodada, esperamos mais um jogo como este, duro do início ao fim”, destacou Wesley.

Torcida Minas Storm
Os torcedores minastenistas podem assistir aos jogos do Minas nos melhores lugares da Arena! Para fazer parte da torcida mais vibrante do Brasil, basta se cadastrar aqui.

VEJA OS DETALHES DO REGULAMENTO

Os torcedores cadastrados devem apresentar a carteira de identidade no dia do jogo para ganhar uma camisa da Torcida Minas Storm. Serão contemplados os cem primeiros que chegarem à Arena em cada rodada.

Cadastre-se e venha torcer conosco por uma das equipes de basquete mais tradicionais do Brasil! Juntos somos mais fortes! #MinasStorm

Minas: Gegê, Audrei, Teichmann, Jefferson e Wesley. Entraram: Mosso, Augusto, Lelê, Roquemore,  xxxxxxxxx. Técnico: Flávio Espiga.
Universo/Vitória: Arthur, Shaw, Dawkins, Kurts e André. Entraram: Okorie, Renato, Mariano, João Pedro, Murilo e Maique. Técnico: Regis Roberto Marrelli.
Árbitros: Fernando Serpa Oliveira, Diego Chiconato e Gregory Gracia.
Público: 722 torcedores.

Novo Basquete Brasil (NBB) 2017/18 – Segundo turno
23/1 – Vasco da Gama (70 x 54) Minas – Rio de Janeiro (RJ) 
29/1 – Minas (74 x 81) Campo Mourão – Arena Minas Tênis Clube
1/2 – Minas (80 x 88) Paulistano/Corpore – Arena Minas Tênis Clube
6/2 – Caxias do Sul (71 x 91) Minas – Caxias do Sul (RS)
8/2 – Joinville/AABJ (66 x 73) Minas – Joinville (SC)
15/2 – Minas (66 x 81) Bauru Basket – Arena Minas Tênis Clube
18/2 – Minas (65 x 84) Sesi/Franca Basquete – Arena Minas Tênis Clube
20/02 – Botafogo (70 x 76) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
3/3 – Flamengo (96 x 84) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
10/3 – Pinheiros (62 x 64) Minas – São Paulo (SP)
12/3 – Mogi das Cruzes/Helbor (76 x 39) Minas – Mogi das Cruzes (SP)
14/3 – Liga Sorocabana (54 x 75) Minas – Sorocaba (SP)
25/3 – Minas (80 x 78) Universo/Vitória – Arena Minas Tênis Clube
27/3 – 19h30 – Minas x Solar Cearense – Arena Minas Tênis Clube

Patrocinador: Life Fitness
Fornecedor de material esportivo: 
Karine Lessa

 Foto: Orlando Bento/MTC