Sede olímpica



Associação Olímpica Britânica e Minas Tênis Clube assinam acordo que visa preparação da equipe da Grã-Bretanha em Belo Horizonte

Luiza Machado, diretora de Educação e Ciências do Esporte; Mike Hay, chefe de Contratos Esportivos; Sergio Bruno, presidente do Minas; Andy Hunt, chefe executivo da BOA; Mark England, diretor de Suporte aos Jogos da BOA; e Luiz Gustavo Lage, diretor de Esportes

Já respirando a próxima edição dos Jogos Olímpicos de 2016, que pela primeira vez será realizada na América do Sul, o Minas Tênis Clube e a Associação Olímpica Britânica (BOA) assinaram, na manhã desta quinta-feira (20/12), no Centro de Facilidades na Unidade I, o Memorando de Entendimento MOU (Memorandum of Understanding), acordo que prevê a utilização das instalações do Clube pelos atletas britânicos, no período de preparação, antes e durante os Jogos Olímpicos do Brasil, que serão realizados no Rio de Janeiro, em 2016.

De acordo com a BOA, o Minas foi escolhido dentre uma lista de complexos esportivos, no Brasil e na América do Sul, após intenso processo de pesquisa, que envolveu líderes de esportes aquáticos, basquete, boxe, esgrima, ginástica, hóquei e remo.  Os principais critérios utilizados para identificar os possíveis locais de preparação da equipe britânica incluíram: instalações desportivas de nível internacional com acesso a serviços médicos de alta qualidade, alojamento de alta qualidade, com segurança e com serviço de buffet, uma região com horário e condições climáticas semelhantes às das instalações olímpicas, e um tempo de vôo curto para a transferência para a Vila Olímpica no Rio de Janeiro. O Minas foi a primeira escolha do BOA.

“Nós ficamos muito impressionados com a variedade de instalações esportivas de nível internacional, disponíveis no Minas Tênis Clube, e igualmente agradecidos pelo profissionalismo, amizade e recepção calorosa com os quais formos recebidos. Estamos confiantes que o ambiente do Minas oferecerá a flexibilidade necessária ao Time da Grã-Bretanha e esperamos desenvolver nossa relação com o presidente Sergio Bruno Zech Coelho e sua equipe, à medida que formos construindo nosso planejamento detalhado para os Jogos Olímpicos de 2016”, afirmou Andy Hunt, chefe executivo da BOA.

O Minas Tênis Clube está honrado de ter sido escolhido pela Associação Olímpica Britânica para ser a base de suas atividades de preparação para as Olimpíadas do Rio 2016. A Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte hoje estão entre os líderes do cenário olímpico internacional. Portanto vemos nessa parceria diversas oportunidades que irão impulsionar o desenvolvimentos das atividades esportivas no Minas Tênis Clube”, declarou o presidente do Minas, Sergio Bruno Zech Coelho.

Sergio Bruno Zech Coelho, o presidente do Minas, e Andy Hunt, chefe executivo da BOA, assinam o Memorando de Entendimento MOU

Além de questões relacionadas aos treinamentos pré-jogos, o MOU inclui o compromisso de criar programas de intercâmbio, e de compartilhar expertise e conhecimento nas áreas de ciências do esporte e medicina, educação e treinamento, e de marketing, mídia e áreas comerciais para o benefício mútuo e desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro e britânico. A BOA também trabalhará para facilitar o estabelecimento de parcerias estratégicas entre o Minas Tênis Clube e os órgãos nacionais dos esportes olímpicos e dos clubes no Reino Unido.

Também participaram do evento de assinatura do protocolo Mark England, diretor de Suporte aos Jogos da BOA; Mike Hay, chefe de Contratos Esportivos; o presidente do Conselho Deliberativo do Minas, Oscar Dias Corrêa Júnior; e os diretores minastenistas Luiz Gustavo Lage (Esportes), Carlos Antônio da Rocha Azevedo (Natação), Ricardo Santiago (Vôlei Masculino),    Luiza Machado (Educação e Ciências do Esporte), Gil Araújo (Recreação e Lazer), João Carlos Dantas de Brito (Jurídico) e Roger Rolhfs (Náutico).

Acesse o nosso portal www.minastenisclube.com.br

Siga o Minas no twitter.com/minastc

Curta o Minas no Facebook: minastenisclubefanpageoficial


Luiza Machado, diretora de Educação e Ciências do Esporte; Mike Hay, chefe de Contratos Esportivos; Sergio Bruno, presidente do Minas; Andy Hunt, chefe executivo da BOA; Mark England, diretor de Suporte aos Jogos da BOA; e Luiz Gustavo Lage, diretor de Es