“Raymundo Colares: de volta à estrada”

Obras do artista mineiro estarão em exposição na Galeria do CCMTC

“Raymundo Colares: de volta à estrada”


Entre os dias 5 de novembro e 2 de fevereiro de 2020, a exposição “Raymundo Colares: de volta à estrada” estará na Galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC), com 30 obras, entre pinturas, gravuras, guaches, os famosos gibis, o diário pessoal e farto material documental sobre a vida e a obra do artista. A curadoria é da crítica e escritora Ligia Canongia. A Galeria do CCMTC funciona de terça a sábado, das 10h às 20h, e domingos e feriados, das 11h às 19h. A entrada é franca.

Raymundo Colares nasceu na cidade de Grão-Mogol, em Minas Gerais, em 1944, e faleceu jovem e tragicamente, em Montes Claros, em 1986. O artista deixou um legado importante na história da arte nacional. Sua trajetória se inicia na década de 1960, momento em que a influência da pop art norte-americana começou a atuar no Brasil. Sua obra se situa no embate, ou fusão, da influência da pop art norte-americana com o que já havia no Brasil, a arte construtivista. As obras de Mondrian (1872 – 1944), Delaunay (1885 – 1941), Duchamp (1887 – 1968) e dos futuristas italianos foram importantes na formação de Colares, cujos trabalhos já apresentavam a iconografia urbana.

Mais que apresentar a obra de Colares, considerado, segundo críticos especializados, um dos maiores nomes da arte moderna no Brasil nos anos 1960, 1970 e meados dos anos 1980, a exposição do CCMTC, que faz parte do Circuito Cultural Praça da Liberdade, tem como objetivo reverenciá-lo, já que compõem a exposição trabalhos realizados por outros artistas brasileiros, em sua homenagem.

André Rubião, diretor de Cultura do Minas, destaca a importância de Colares. “Mesmo com tão pouco tempo de trabalho com a arte, cerca de duas décadas, Raymundo Colares deixou uma assinatura na história da cultura nacional. Ainda hoje, sua arte, forjada sob a linguagem da pop art norte-americana dos anos 1960, influencia jovens artistas e também a publicidade. Para o Centro Cultural Minas Tênis Clube é uma honra mostrar para o público as obras do artista”, afirma.

Siga as redes sociais oficiais da Cultura do Minas:

Facebook: /mtccultura
Instagram: @mtccultura

Serviço

Exposição “Raymundo Colares: de volta à estrada
Data: 5 de novembro até 2 de fevereiro de 2020.
Horário: terça a sábado, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 11h às 19h.
Entrada franca.
Classificação: livre.