Pelo pódio

Minas disputa o Troféu Brasil-Maria Lenk em busca do décimo título de campeão

Pelo pódio


Vinícius Lanza é um dos principais nomes do Minas no Maria Lenk / Foto: Ricardo Sodré

Um dos principais objetivos do Minas nesta temporada é retomar o lugar mais alto do pódio no Troféu Brasil-Maria Lenk. Em preparação desde janeiro, chegou a hora do time minastenista disputar o principal campeonato nacional de natação, que será realizado no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ), a partir desta terça-feira até o próximo domingo (16 a 21/4). Além das medalhas, os nadadores do Minas vão em busca de vagas nas seleções brasileiras que disputarão o Mundial de Gwangju, na Coreia do Sul, de 12 a 28 de julho; o Mundial Júnior, em Budapeste, na Hungria, de 20 a 25 de agosto; e os Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru, de 6 a 11 de agosto.

Um dos reforços da equipe para o Troféu Brasil-Maria Lenk é a nadadora argentina Julia Sebastian, de 25 anos, que já disputa campeonatos brasileiros absolutos desde 2012 e, portanto, não é mais considerada como estrangeira na competição. “Encontrei uma equipe muito acolhedora. Aqui, estou treinando mais focada para as minhas provas. Sou uma nadadora mais de técnica e força, e os 200m peito é a minha principal prova, mas também nado os 50m e os 100m. Converso com a equipe multidisciplinar e buscamos o melhor, há uma troca, e isso é muito bom. O Minas é um clube grande, então vamos com tudo para competir”, afirmou a nadadora, que tem no currículo a participação nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Para entrar de vez na disputa pelo título, o Minas aposta na mescla entre nadadores experientes, como os olímpicos Miguel Valente, Bruno Fratus e Kaio Márcio, com jovens das categorias de base que ainda buscam um lugar de destaque na natação brasileira. Promovido do Júnior para a equipe Sênior, Gabriel Bandeira, de 19 anos, vive a expectativa de nadar o seu primeiro Maria Lenk. “Eu espero bons resultados, não só meus, mas como de toda a equipe. Treinamos muito bem. Antes, eu nadava mais com o pessoal da minha categoria e, agora, vou competir com atletas até dez anos mais velhos do que eu. Isso é bem legal. Espero conseguir estar em uma final”, comentou Gabriel, especialista no nado borboleta. 

Julia Sebastian e Gabriel Bandeira representam o Minas no Maria Lenk pela primeira vez / Foto: Orlando Bento

Outros destaques da equipe são os jovens Vinícius Lanza, que, recentemente, foi campeão do campeonato universitário americano nos 100m borboleta; Fernando Scheffer, medalhista e recordista mundial em piscina curta nos 4x200m livre; e Guilherme Costa, o Cachorrão, recordista sul-americano dos 800m e 1.500m livre. A delegação minastenista já está no Rio de Janeiro e treina no local da competição nesta segunda-feira, sob o comando do técnico Sérgio Marques. 

Estrangeiras – Para o Troféu Brasil-Maria Lenk, o time minastenista ainda terá a força da norte-americana Mallory Comerford e da italiana Ilária Cusinato. Além das nadadoras, o técnico brasileiro Arthur Albiero, técnico de Mallory na Universidade de Louisville, nos Estados Unidos, estará junto com a equipe durante toda a competição nacional. Mallory Comerford tem 21 anos e nada provas de borboleta e estilo livre. A jovem atleta integra a seleção norte-americana e conquistou cinco medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Budapeste, na Hungria, em 2017, nos revezamentos 4x100m livre feminino, 4x200m livre feminino, 4x100m medley feminino, 4x100m livre misto e 4x100m medley misto. A nadadora também já foi medalhista em mundiais de piscina curta e no Pan-pacífico. Ilária Cusinato, de 19 anos, é uma das promessas da natação italiana e é especialista em medley. A jovem atleta foi medalhista de prata no Campeonato Europeu, em 2018, nos 200m e nos 400m medley.

Siga as redes sociais oficiais da Natação do Minas:

Facebook: /mtcnatacao
Instagram: @mtcnatacao