Não deu



Vivo/Minas perde para a UPCN, da Argentina,  é vice-campeã sul-americana

Vivo/Minas encerra a temporada 2012/13 como vice-campeã sul-americana

Não foi desta vez que a Vivo/Minas comemorou o quarto título do Campeonato Sul-americano de Clubes. A equipe minastenista lutou muito, mas acabou derrotada pela UPCN, da Argentina, por 3 a 0 (30/28, 25/17 e 30/28), em 1h38 de jogo, realizado na noite deste domingo (12/5), na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG). O minastenista Lucarelli foi o maior pontuador da equipe, com 14 pontos. Com a vitória, os argentinos garantiram uma vaga no Campeonato Mundial de Clubes, que será em outubro, no Brasil.

Na disputa pelo terceiro lugar da competição continental, realizada também na tarde deste domingo, o RJX, atual campeão da Superliga, venceu os argentinos do Club Buenos Aires Unidos, por 3 a 0 (25/19, 25/10 e 25/18) e ficou com a medalha de bronze.

Após a partida final, foi realizada, na Arena Vivo, a cerimônia de premiação dos três primeiros colocados e dos melhores jogadores do torneio. O minastenistas Lucarelli e Quiroga se destacaram como melhor saque e melhor recepção, respectivamente. O argentino Gonzalez, da UPCN, foi eleito o melhor jogador e melhor levantador do campeonato. O brasileiro Júnior, também da UPCN, foi o melhor bloqueador, ao lado do companheiro de equipe Garrocq, melhor líbero. Lucão, do RJX, foi o eleito o melhor atacante, enquanto Uriarte, do Buenos Aires Unidos, foi o melhor na defesa.

O Jogo

A partida começou bastante disputada, com a equipe da UPCN abrindo vantagem logo no início do primeiro set. Após a primeira parada técnica, a Vivo/Minas se impôs e chegou a virar o placar, mas os argentinos conseguiram manter o ritmo forte no ataque e venceram o primeiro set: 30 a 28. No segundo set, a Vivo/Minas sofreu a perda do líbero Lukinha, que sentiu um mal estar e teve de ser substituído por Lucas Lóh. O time minastenista falhou muito no ataque e na recepção, enquanto a UPCN, que obteve bom aproveitamento na linha de frente, venceu a segunda parcial com mais tranquilidade, por 25/17.

No terceiro set, a Vivo/Minas abusou dos erros de saque. O time minastenista chegou a esboçar uma reação após a segunda parada técnica, mas no finalzinho a UPCN segurou o ataque dos minastenistas, que acabaram derrotados: 30/28. Com a vitória, a UPCN sagrou-se campeã sul-americana e se garantiu no Campeonato Mundial de Clubes, que será em outubro, no Brasil.

Vivo/Minas: Marcelinho, Filip, Lucarelli, Quiroga, Otávio, Maurício e o líbero Lukinha. Entraram: Evandro, Lucas Lóh, Thiago Maciel. Técnico: Horacio Dileo. UPCN: Bengolea, Evandro, Gonzalez, Olteanu, Júnior, Ramos e o líbero Garroto. Entraram: Tell, Molina, Salvo, Toro. Técnico: Fabian Armoa. Árbitros: Maurício Lueje (Argentina) e Luiz Henrique Coutinho (Brasil).

Classificação final do Campeonato Sul-americano:

UPCN (Argentina) – Campeão

Vivo/Minas (Brasil) – Vice-campeão

RJX (Brasil) – terceiro colocado

Club Buenos Aires Unidos (Argentina) – quarto colocado

Vikingos de Miranda (Venezuela) – quinto colocado

Club Perless (Peru) – sexto colocado

Carmelo Rowing Club (Uruguai) – sétimo colocado

Apoio - Com a finalidade de incentivar e fomentar a prática esportiva foi firmado o convênio com a Secretaria de Estado de Esportes e Juventude (SEEJ) para realização do Campeonato Sul-americano de Voleibol.  Assinada pelo Deputado Federal e secretário de Esportes e da Juventude, Eros Biondini, a iniciativa representa uma parceria inédita entre a SEEJ e Federação Mineira de Voleibol.  Além do apoio às federações esportivas, o Governo de Minas, através da SEEJ, tem investido no fomento ao esporte de rendimento no Estado por meio de diversas ações de desenvolvimento das modalidades olímpicas e paralímpicas como a construção do Centro de Treinamento Esportivo (CTE/UFMG), bolsa-atleta, oficinas de esportes e Jogos de Minas.

Convocação - O técnico Bernardinho convocou Lucarelli, Lucas Lóh, Otávio e Maurício para a Seleção Brasileira que disputará a Copa Pan-americana, de 19 a 27 de maio, no México. Os jogadores foram liberados pela Confederação Brasileira de Voleibol e vão disputar o Sul-americano pela Vivo/Minas com os demais companheiros de equipe.

Além da Copa Pan-americana, Lucarelli e Maurício estão inscritos para representar o Brasil na Liga Mundial, que começa em junho, na Polônia, onde a Seleção Brasileira estreia na competição contra os donos da casa.

Jogos:

Fase classificatória

8/5 (quarta-feira):

- 15h – Club Buenos Aires Unidos (3×1) Vikingos de Miranda

- 18h – RJX (3×0) Carmelo Rowing Club

- 20h30 – Vivo/Minas (3×0) Club Perless

9/5 (quinta-feira):

- 15h30 – Carmelo Rowing Club (0×3) Club Buenos Aires Unidos

- 18h – RJX (3×0) Vikingos de Miranda

- 20h30 – Vivo/Minas (3×1) UPCN

10/5 (sexta-feira):

- 15h30 – Vikingos de Miranda (3×0) Carmelo Rowing Club

- 18h – Club Perless (0×3) UPCN

- 20h30 – RJX (1×3) Club Buenos Aires Unidos

11/5 (sábado) – Semifinal:

-16h -  Club Perless (0×3) Vikingos de Miranda (jogo 10) – disputa do 5º lugar

- 18h30 – Vivo/Minas (3×0) RJX (jogo 11)

- 21h45 – Sportv – UPCN x Buenos Aires Unidos (jogo 12)

12/5 (domingo) Final:

- 16h30 – RJX (3x0) Buenos Aires Unidos – disputa do 3º lugar

- 19h30 – Sportv- Vivo/Minas (0x3) UPCN - Final

 

Campeonato Sul-americano de Clubes 2013
Realização: 
Confederação Sul-americana de Voleibol
Apoio: 
Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais
Organização:  
Minas Tênis Clube / Federação Mineira de Vôlei

 

Conheça o patrocinador Vivo: www.vivo.com.br

Fornecedor de materiais esportivos Asics: www.asics.com.br


Vivo/Minas encerra a temporada 2012/13 como vice-campeã sul-americana