Não deu

Em jogo na Arena, Minas sofre nova derrota para o Sesi-SP

Não deu


O Minas tentou, mas não foi dessa vez. O time minastenista enfrentou o Sesi-SP, nesta quarta-feira, pela segunda rodada das quartas de final da Superliga 2016/17, e acabou derrotado por 3 sets a 1, com parciais de 29/27, 19/25, 25/21 e 25/18. Com o resultado, o time paulista abriu 2 a 0 na série melhor de cinco, já que venceu também o primeiro jogo, por 3 sets a 2. O destaque da partida foi Théo, que ficou com o Troféu Viva Vôlei. A partida na Arena Minas Tênis Clube contou com o bom público de 2.258 torcedores.

Ainda tem chance
O Minas ainda tem chance de se classificar à semifinal. Para isso, a equipe precisa vencer o próximo jogo, que será realizado no domingo (26/3), às 16h, em São Paulo (SP). Caso vença, o time leva a série para o quarto jogo e novamente precisaria de uma vitória para forçar a quinta e decisiva partida. Se o Sesi-SP ganhar o jogo de domingo, encerra a série em 3 a 0 e avança de fase.

Fala, treinador
“Jogamos em um padrão elevado nos dois primeiros sets. Eles ganharam o primeiro, nos detalhes, mas também poderíamos ter ganhado. O segundo nós ganhamos, mas, depois, não conseguimos manter. Nossos jogadores caíram muito de rendimento, principalmente o Felipe Roque e o Bisset. Enquanto eles estiveram bem, fizemos um bom jogo. Depois, Murilo e Serginho começaram a passar bem, e nosso saque não fez mais efeito. Ficamos sem contra-ataque, eles cresceram, e nosso time sentiu. Tentamos, mas não conseguimos. Agora, é ter a cabeça tranquila, porque ainda tem mais jogo” - técnico Nery Tambeiro.

Festa para o torcedor
Os torcedores contaram com diversas ações dos patrocinadores. Para animar ainda mais a partida, a Localiza presenteou a torcida minastenista com batecos, e o Uni-BH distribuiu clap-banners. Os alunos das escolas que vieram torcer pelo Minas escreveram cartazes motivacionais para os atletas. Além disso, vários escudões do Clube foram distribuídos, e as alunas do curso de dança do Minas fizeram uma bonita apresentação no intervalo dos sets.

Torcida contou com alunos de escolas de Belo Horizonte / Foto: Orlando BentoTorcida teve alunos de escolas de Belo Horizonte (Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube)

Nas arquibancadas
A torcida minastenista ganhou um reforço importante para o jogo desta tarde. Alunos de escolas da capital mineira acompanharam a partida e vibraram muito com a equipe do Minas. Estiveram presentes à Arena a Escola Municipal Aires da Mata Machado, a Escola Municipal Ana Alves Teixeira, a Escola Municipal Antonio Salles Barbosa, a Escola Municipal Guilherme Petres, a Escola Municipal Imaco, a Escola Municipal Maria das Neves, a Escola Municipal Professora Maria Mazarello, a Escola Municipal Acidália Lott, a Escola Municipal Jardim Vitória, a Escola Municipal Hugo Pinheiro, a Escola Municipal Francisco Magalhães Gomes, a Escola Municipal Padre Edeimar Gomes, a Escola Municipal Oswaldo Cruz, a Escola Municipal Professor Tabajara Pedroso, o Colégio Estadual Central, a Escola Estadual João Felipe da Rocha, a Fundação Dom Bosco, a Escola de Vôlei e o Projeto Longevidade e o Colégio São Luiz Gonzaga.

Ficha técnica
Minas: Thiago Gelinski, Felipe Roque, Tiago Mão, Bisset, Flávio, Pétrus e Rogerinho (líbero). Entraram: Thiago Vanole, Willian, Carísio e Abouba. Técnico: Nery Tambeiro.
Sesi-SP: Bruninho, Théo, Alan, Murilo, Lucão, Riad e Serginho (líbero). Entraram: Pureza, Rafa, Kaio e Leitzke. Técnico: Marcos Pacheco.

Quartas de final
18/3 – Sesi-SP (3 x 2) Minas – São Paulo (SP)
22/3 – Minas (1 x 3) Sesi-SP – Arena Minas Tênis Clube
26/3 – 16h – Sesi-SP x Minas – São Paulo (SP)
1/4 – se necessário – Minas x Sesi-SP – Arena Minas Tênis Clube
6/4 – se necessário – Sesi-SP x Minas – São Paulo (SP)

Patrocinador: JAM Engenharia
Patrocinador: Hermes Pardini
Patrocinador: UniBH
Patrocinador: Localiza
Fornecedora de materiais esportivos: Ícone Sports