Notícias

Outros

Fazer o Bem

Conheça um pouco da história de mulheres que fazem o bem

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, vamos celebrar a data contando um pouco sobre o trabalho de instituições e, especialmente, de mulheres que coordenam projetos em prol de apoiar e empoderar mulheres. As ações escolhidas são os projetos Romper, Avança Judô, Viva Down e Banho de Amor.

Nas últimas semanas conhecemos a Jutay, e a Cida Martins, à frente dos projetos Romper, Casa Acolher para Mulheres e Avança Judô.

Hoje apresentamos a história da Iracema Machado, fundadora e diretora do Projeto Viva Down, e mãe de dois meninos. Ela conta um pouco sobre a maternidade, especialmente sobre como é maternar com um filho com síndrome de Down. “Como mãe, sempre pensei em somente cuidar, alimentar e direcionar o melhor possível os meus filhos... mas eu tenho um filho com deficiência, e aí?”

Iracema Machado, fundadora do Viva Down (Foto: Arquivo pessoal)Iracema Machado, fundadora do Viva Down (Foto: Arquivo pessoal)

Foi assim que Iracema mergulhou de cabeça em projetos sociais que apoiam crianças e adolescentes com deficiência, fundando o Viva Down em 2017. A criadora conta que ama os participantes: “Eu possuo muito respeito e carinho pelos PCD’s e isso é transmitido 100% para os pais, principalmente as mães”.

“Esse amor vem muito do cuidar de quem cuida, porque o papel de mulher e mãe é diferente de um pai, de um irmão ou um cuidador... E nós cuidados como se abraçássemos aquele cromossomo a mais como se fosse um pilar imantado de ouro. Simplesmente amamos”, emociona-se a diretora.

Ela conta que os projetos da instituição são sempre pensados no bem-estar tanto dos participantes quanto dos familiares. "Todo e qualquer projeto passa pelo crivo de mães empoderadas que compõem nosso administrativo e por mães amigas que sempre dão sugestões construtivas e nos ajudam a chegar em resultados que agradam a todos”, afirma.

Essa participação parental é de suma importância para o bom desempenho do projeto, ela aponta. “ As mães do Viva são mais que importantes pra nós... São essenciais. Nós não somente apoiamos as mães, como escutamos, acolhemos, direcionamos, nos envolvemos... a gente se junta a elas e juntas, podemos muito mais. Acredito que o Viva Down é assim, um bando de mães que quer ajudar outro bando e formar essa rede imensa de mulheres fortes e empoderadas”, relata Iracema.

Quer conhecer mais sobre o Viva Down? Acesse aqui o site.


Siga as redes sociais oficiais do Minas:
Facebook: /minastenisclube
Instagram: @minastenisclube


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!