Em Sete Lagoas

Minas perde o clássico diante do Sada Cruzeiro pelo Mineiro

Em Sete Lagoas


Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

Por Rodrigo Fuscaldi

O Minas entrou em quadra nesta quarta-feira, no ginásio do Unifemm, em Sete Lagoas, para o primeiro clássico contra o Sada Cruzeiro na temporada. O time minastenista fez um bom jogo diante da equipe cruzeirense, mas acabou derrotado por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/17 e 25/23. O jogo foi válido pela terceira rodada do Campeonato Mineiro e teve como destaques o ponteiro Mão, do Minas, e o ponteiro Leal, do Sada, que marcaram 14 pontos cada.

Agora, o time soma duas vitórias em três jogos na competição estadual e, na sequência, enfrentará o Montes Claros em dois confrontos no norte de Minas. Após a partida, o técnico Nery Tambeiro avaliou o desempenho do time. “Tivemos muitos altos e baixos, principalmente na recepção. É algo que temos de trabalhar para nossos próximos desafios. De positivo, tivemos algumas atuações que nos surpreenderam, como o oposto Abouba e o levantador Gelinski. Nos momentos decisivos, o Sada foi melhor e teve mais tranquilidade para finalizar as jogadas, e isso fez a diferença. Vamos trabalhar nossa construção de jogo para não errar nesses momentos”, afirmou.

O jogo

O primeiro clássico entre Minas e Sada Cruzeiro começou bem disputado. Com um bloqueio eficiente, o time minastenista conseguiu segurar o ímpeto do adversário e terminou em vantagem na primeira parada: 8 a 7. O ritmo seguiu intenso, com os times trocando pontos. Já na reta final, o ponteiro Samuel parou no bloqueio cruzeirense, que abriu 19 a 16. Mais concentrado, o Sada forçou o saque e se manteve à frente até fechar em 25 a 20. Destaque para o minastenista Mão, que anotou seis pontos no set.

O Sada Cruzeiro voltou melhor no início da segunda parcial, trabalhando bem as viradas de bola. Sem o mesmo ritmo no bloqueio, o Minas não conseguiu segurar o ataque adversário. O time minastenista tentou a reação no set, e o oposto Abouba apareceu bem no ataque. Mas, já na reta final, com dificuldades no passe, a equipe não conseguiu reverter a vantagem dos cruzeirenses, que venceram por 25 a 17.

Precisando da vitória, o Minas voltou bem no início do terceiro set. O oposto Abouba fez a diferença no ataque e deixou a equipe em vantagem na parada técnica: 8 a 6. A partida seguiu equilibrada, com boa troca de pontos. Sem perder o ritmo, o Minas chegou ao segundo tempo técnico ainda em vantagem: 16 a 14. O Sada Cruzeiro não se abalou e buscou a reação. Melhor nos momentos decisivos, a equipe cruzeirense reverteu o placar e, em um saque de Leal, passou à frente: 19 a 18. Na sequência, em um rally emocionante, o Minas empatou novamente. O fim foi bem disputado, e o Sada teve tranquilidade para virar e fechar em 25 a 23.

Minas: Thiago Gelinski, Samuel, Mão, Flávio, Pétrus, Abouba e Rogerinho (líbero). Entraram: Carísio, Davy, Willian, Gabriel e Maique. Técnico: Nery Tambeiro. Sada Cruzeiro: Eder Levi, William, Evandro, Leal, Rodriguinho, Isac e Serginho (líbero). Entraram: Léo e Fernando Cachopa. Técnico: Marcelo Mendez. Arbitragem: Anderson Caçador e Ivan Couto.

Campeonato Mineiro

2/9 – JF Vôlei (2 x 3) Minas – Juiz de Fora
3/9 – JF Vôlei (0 x 3) Minas – Juiz de Fora
14/9 – Minas (0 x 3) Sada Cruzeiro – Sete Lagoas
22/9 – 19h30 – Montes Claros x Minas – Montes Claros
24/9 – 18h – Montes Claros x Minas – Montes Claros
30/9 – 20h – Sada Cruzeiro x Minas – Contagem

Patrocinador: JAM Engenharia
Patrocinador:
 Hermes Pardini
Patrocinador: UniBH

Fornecedora de materiais esportivos: Ícone Sports

Fotos: Orlando Bento / Minas Tênis Clube