No tie-break

Com atletas do Camponesa/Minas, Brasil perde para o Japão



A seleção brasileira tentou, mas não conseguiu a vitória diante do Japão. Na madrugada deste domingo, as equipes se enfrentaram pela terceira rodada da segunda fase do Grand Prix, e o time japonês levou a melhor, vencendo no tie-break, com parciais de 25/22, 26/24, 19/25, 20/25 e 17/15. O jogo foi realizado em Sendai, no Japão, e a minastenista Rosamaria foi a maior pontuadora brasileira, com 19 pontos marcados. Além da ponteira, a central Mara, também do Camponesa/Minas, faz parte do time brasileiro. Com o resultado, o Brasil agora ocupa a sexta posição, com nove pontos ganhos, e está fora da zona de classificação para a próxima fase.

Rosamaria é a maior pontuadora do Brasil no jogo (Foto: Divulgação / FIVB)

No Grand Prix, até o dia 23 de julho, as 12 principais seleções disputarão a fase de classificação. A cada semana, serão formados três grupos, com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à fase final, que contará, ainda, com a China, país sede. A fase final será realizada de 2 a 6 de agosto, em Nanjing, na China.

1ª fase – Ancara (Turquia)

- Brasil (3 x 0) Bélgica
- Brasil (0 x 3) Sérvia 
- Brasil (3 x 2) Turquia

2ª fase – Sendai (Japão)

14/7 – Brasil (3 x 0) Sérvia
15/7 – Brasil (0 x 3) Tailândia
16/7 – Japão (3 x 2) Brasil

Patrocinador: Leite Camponesa
Patrocinador: Embaré
Patrocinador: Localiza