Entre os melhores



Camponesa/Minas perde para o Rexona-Ades, por 3 a 0, e se despede da Superliga na semifinal

Rio de Janeiro (RJ) – A Camponesa/Minas entrou em quadra, nesta quinta-feira, para enfrentar o Rexona-Ades pela segunda partida da semifinal da Superliga, e acabou derrotada pela equipe carioca, por 3 sets a 0 (25/17, 25/18 e 25/21), em jogo realizado no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. A maior pontuadora do jogo foi Natália, do Rexona, com 18 acertos, e o troféu Viva Vôlei ficou com a levantadora Fofão. Como havia perdido também o primeiro jogo, por 3 a 1, a equipe minastenista se despede da Superliga 2014/15 entre os quatro melhores times.

Jaqueline foi a maior pontuadora da Camponesa/Minas na partida, com nove pontos Jaqueline foi a maior pontuadora da Camponesa/Minas na partida, com nove pontos

Com uma campanha de superação na Superliga, com um começo ruim e um ótimo segundo turno, a Camponesa/Minas mostrou muita garra ao longo do campeonato. Após a partida, a capitã Walewska elogiou a postura da equipe minastenista. “Hoje não é um dia para falar de técnica. Hoje temos que comemorar sim de estar entre os quatro melhores times. A equipe se formou ao longo do campeonato, mas tivemos uma campanha de superação muito grande. O time todo está de parabéns por termos chegado entre os quatro”.

O jogo
Rexona-Ades e Camponesa/Minas começaram a partida pontuando bem no ataque, mas a equipe carioca contou com os erros do time minastenista e pontos de bloqueio e saque para abrir vantagem. Com dificuldade no passe, a Camponesa/Minas não se encontrou em quadra e o técnico Marco Queiroga pediu tempo quando o placar marcava 13 a 7 para o Rexona. O treinador ainda promoveu as entradas de Lia, Ju Nogueira, Camila e Laís, e, aos poucos, a equipe foi se encaixando novamente. Mas o Rexona-Ades administrou a vantagem e venceu o primeiro set por 25 a 17.

A Camponesa/Minas voltou melhor para a segunda parcial, que começou mais equilibrada. O primeiro tempo técnico terminou 8 a 7 para o time carioca, sendo cinco pontos de ataque para cada lado. Na sequência, foi a vez do Rexona-Ades cometer mais erros e o time minastenista liderar o placar (14 a 12). Mas as donas da casa logo reagiram, com pontos de contra-ataques, e abriram seis de frente (22 a 16). Mais uma vez com tranquilidade, o Rexona-Ades venceu o segundo set por 25 a 18.

Precisando da vitória, a Camponesa/Minas saiu na frente no terceiro set, e o técnico Bernardinho pediu tempo. A conversa com as suas jogadoras teve efeito, e o time carioca mais uma vez se recuperou. Mas a equipe minastenista não se abateu em quadra e equilibrou a partida novamente. Após a segunda parada técnica, com vitória da Camponesa/Minas por 16 a 15, as equipes trocaram pontos. Na reta final, o Rexona-Ades se impôs em quadra, fez 25 a 21, e venceu a partida por 3 sets a 0.

Camponesa/Minas: Naiane, Carla, Jaqueline, Mari Paraíba, Walewska, Carol Gattaz e a líbero Tika. Entraram: Lia, Camila Torquette, Ju Nogueira e Valquíria. Técnico: Marco Queiroga.

Rexona-Ades: Fofão, Regiane, Natália, Gabi, Carol, Juciely e a líbero Fabi. Entraram: Bruna, Roberta e Amanda. Técnico: Bernardinho.

Fotos: Orlando Bento.

Superliga

4/4 – Camponesa/Minas (1 x 3) Rexona-Ades – Arena Minas Tênis Clube
9/4 – Rexona-Ades (3x0) Camponesa/Minas – Rio de Janeiro

Patrocinador: Leite Camponesa
Patrocinador: Pássaro Verde
Patrocinador: Les Chemises
Fornecedora de materiais esportivos: Ícone Sports


Jaqueline foi a maior pontuadora da Camponesa/Minas na partida, com nove pontos